domingo, 30 de setembro de 2012

Dicas para Organizar sua Vida - Dica 03

Instale cabideiros nas paredes

Eu nunca fui adepta a roupas amostra, mas quando mudei o olhar, percebi que ter um cabideiro podia ser um grande aliado. Tenho um no quarto, onde as roupas usadas são penduradas, bolsas e afins. O bom é que a roupa usada fica lá, não espalhada e também, mantenho a organização, para que não se pendure em cadeiras e afins, da mesma maneira que como não é bom colocá-las de volta ao guarda-roupas, ficam ali, esperando para serem lavadas ou usadas novamente. Pense nisso.

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Teoria da Bolha - Porque tem tudo a ver com Você!


Você pode achar que é loucura da minha cabeça, mas eu sou assim mesmo, divago, viajo e sonho, mas ao ler você vai até me dar razão.
Eu inventei esse teoria para a minha vida. Pode ser usada em qualquer campo: pessoal, profissional, sentimental, você escolhe.

Eu divido a minha vida em:

pessoal-sentimental/profissional/descartáveis

Imagine todas as pessoas que você conhece ou se comunica diariamente, seja no ônibus, no trânsito, no seu trabalho, não importa, algumas delas em qualquer desses lugares vai te importunar, você vai se estressar ou ficar furioso, de praxe. Quando eu discuto no trabalho ou com alguém que não faz "parte da minha vida", claro que, me irrito, falo montanhas e caminhões, mas não deixo que aquilo penetre na "minha vida". São situações que você tem que passar, problemas que serão resolvidos, complicações que você tem que resolver e que te sugam o bom humor, a tranquilidade do dia entre outras coisas. Então você me pergunta: "como assim "parte da sua vida", isso não faz parte dela? Eu te respondo: não, não faz.

Você escolhe como leva a sua vida, você tem esse poder.

A "minha vida" é: minha casa, no sentido figurado e também local, a "minha vida" são escolhas feitas por mim (e também falo das erradas) em qualquer campo, eu escolho o que quero sentir, eu escolho quando quero descansar e quando a escolha é errada, escolho de alguma forma, levar da melhor maneira possível.. Vamos lá, deixa eu explicar melhor.

Depois de um dia "daqueles", se feche, entre na "bolha", se alguém no trabalho te irritou, se alguém no trânsito te deixou transtornado, lembre-se: você não precisa conviver com elas, já passou, entende?
Por exemplo, quando eu tenho qualquer problema no trabalho e existe uma situação assim, fico me remoendo, então eu penso: "ainda bem que não preciso aguentar essa pessoa na minha vida, só tenho que conviver com ela aqui, 8 horas por dia".

É isso, a maioria das pessoas que passam por você diariamente, você não precisa "aguentá-las" ou aturá-las, aquela situação é momentânea, apenas isso. Não são essas pessoas que fazem parte da "sua vida", entende?

Aí que esta a "Teoria da Bolha". entre na bolha, escolha realmente o que faz parte da sua vida, o restante, descarte. Isso não quer dizer que tudo será maravilhoso e que você não terá problemas, mas apenas os problemas reais da sua vida existirão como: contas, problemas rotineiros, familiares, amorosos. Sim, você não conseguirá escapar deles, mas ao menos, escolherá os problemas que farão parte (ou que valem fazer parte dela). Seus filhos, sua família, parentes, amigos, amores, enfim, isso é a sua vida. Nesse quesito, você tem que conviver diariamente da melhor maneira possível e então você me pergunta: "e se eu tiver problemas com "a minha vida"? Eu te respondo: "tente fazer o melhor para todos, mas, acima de tudo, à você. Não deixe que problemas que você tem que conviver, te destruam, faça algo que gosta, tire proveito de alguma situação e se não der, resolva, dê um basta ou faça o que te faz bem. Parece fácil, não é? Mas não é. É uma luta diária, com os outros e principalmente com o seu Eu. Mas a vida não é fácil e, em algum momento alguém disse que seria? Então, faça o seu melhor e acima de tudo, tente ser feliz, nem que seja apenas com você, pintando as unhas, cuidando do jardim, ouvindo música, organizando suas coisas ou se dedicando ao hobby preferido. Seja o melhor para você mesmo, pois antes de você ser "eternamente responsável por aquilo que cativa", você é "eternamente responsável pela sua felicidade. :)

Dicas para Organizar sua Vida - Dica 02

O que você tem na entrada de casa?

Aqui, meu apartamento é pequeno. Logo na entrada tenho um aparador onde tem uma cestinha para ser colocado objetos como: mp3, carteiras, chaves, celular e quinquilharias que sempre carregamos e amontoamos quando chegamos em casa. Aqueles objetos que têm que ter à mão sem um lugar definido, tudo junto para facilitar quando saímos e, para não bagunçar, tudo fica num só local.

E aí, como é a entrada de sua casa?

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Para se organizar

Muitas vezes se organizar é fácil. Não é necessário muitas parafernálias nem coisas caras para tal. Para ajudar, aqui tem muitas coisas para te ajudar nessa tarefa.

Vai lá, faça sua escolha e comece a se organizar já!

Dicas para Organizar sua Vida - Dica 01

Cada coisa tem sua casa

Tudo na sua casa tem o seu lugar certo, se não tem é porque você ainda não definiu ou é tralha. Defina o lugar de cada coisa em sua casa, pois isso é muito importante para começar a se organizar.
Onde ficam os remédios? E suas chaves e correspondências? Você tem lugar para rascunhos? Onde você sempre deixa a carteira? E suas fotos, estão todas num mesmo local? Documentos como: comprovantes de votação, exames médicos etc, você sabe onde estão?

Definir o local é a primeira coisa para manter a organização.

sábado, 22 de setembro de 2012

Para guardar

Sonho, quando organizado, vira objetivo.

Cookies Mix


Que tal presentear seus amigos com um mix de cookies? Se presenteie também, faça e deixe guardado, quando tiver vontade ou chegar aquela visita inesperada, voilà! Se presentear, mande junto um cartãozinho delicado ensinando como fazer. Um charme e super diferente. Monte o pote em camadas alternadas com delicadeza para que não manche. A validade é de 2 meses, bem vedado.

Cookies Mix
Ingredientes

- 1/2 xícara de açúcar (pode usar o orgânico)
- 1 xícara de açúcar mascavo
- 2 xícaras de farinha de trigo
- 1 colher de café de bicarbonato
- 1 pitada de sal
- 1 e 1/2 xícara de gotas de chocolate , ou nozes ou granola... o que quiser.
gotas de baunilha se desejar.

Montagem

1) Misture a farinha, o sal e o bicarbonato. Com a ajuda de uma colher coloque no fundo do pote. Por cima coloque delicadamente o açúcar mascavo e então o açúcar comum. Cubra com as gotas de chocolate. Tambe bem tampadinho. Arremate com um laçarote e o cartãozinho ensinando como fazer.
P.s. O pote tem que ser bem limpo e tem que vedar muito bem! A receita rende 18-24 cookies ou mais... depende da gula do presenteado.

O que é acrescentado depois...
- 1 ovo
- 1 gema
- 3/4 de xícara de manteiga

o cartão aqui vai junto com o presente.

Obs:Na receita a quantidade diz de 18 a 24 cookies, no cartão de 12 a 15 cookies. Tudo depende do tamanho que fará os cookies. Bom apetite!

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Minimalista

Eu estou bem longe de ser minimalista.
Mas tem algo aí que me encanta. Talvez a praticidade ou o desapego. Sei lá.
Sou prática, mas me apego em algumas coisas, esse aconchego faz parte de mim.

Com vocês, o apartamento do Alex Castro. Vale a pena ver esse modo de vida!

Cresci em um apartamento de 600m2 em frente à praia. Hoje, moro em um conjugado de 22m2 em Copacabana, menor do que meu antigo quarto. Nunca estive tão feliz. Eu me preencho muito bem.

Passo a maior parte do dia dentro, lendo e escrevendo. Não me sinto preso, nem claustrofóbico.

Apesar de mínimo, o apartamento é incrivelmente amplo. O chão de azulejo branco ilumina e clareia o ambiente. Não existem móveis altos para bloquear a vista ou a passagem.

Não existem gavetas nem armários — só aqueles embaixo da pia da cozinha, onde ficam pás, baldes e material de limpeza.

Todos os apetrechos de cozinha, inclusive a própria comida, ficam nas estantes acima da pia. Bem à mostra. De fácil acesso.

Coloco toda a comida em potes. Tiro as embalagens dos alimentos. Não coloco ímãs na geladeira. Nada de passar meu dia encarando pacotes de produtos e logotipos de marcas. Sem poluição visual.

Não existem mesas nem cadeiras — eu trabalho de pé, no bar americano. (Em breve, um texto sobre trabalhar de pé.)

Minhas poucas roupas ficam no closet: as de vestir, em uma arara, as de cama e banho, em uma estante.
Tenho três pares de sapatos e três pares de havaianas. Dois jeans. Dois casacos. Um blaser. Uma camisa social. Uma calça social. Umas doze camisetas. Dois jogos de cama de casal — um pra dormir com o Oliver, meu cachorro, outro pra dormir com a namorada, que prefere não dormir na mesma roupa de cama que o cachorro. Um jogo de solteiro para convidados. Um jogo de toalhas de banho.

Quando estou sozinho, durmo onde caio. No chão de azulejo — muito fresco, no verão. Na rede — onde quase sempre estou lendo. No futon vermelho, que é de solteiro, ou no ameixa, que é de casal.
Apesar do espaço exíguo, tenho estrutura para receber até mesmo dois convidados: dormem no futon de casal e eu, no de solteiro.

A paleta de cores é simples: branco pra dar área, volume e iluminação. Vermelho, em duas paredes, para dar vida. Detalhes em amarelo: esquadria da janela, porta do banheiro e do closet, etc. Cozinha com grande parte dos utensílios em verde.
A casa não tem objetos decorativos. Não existe nada que não tenha função prática.

Única exceção: três fotos da cidade de Nova Orleans, onde morei por um tempo, e que comprei para ajudar o fotógrafo. Estou procurando alguém que leve daqui.

Aliás, a casa funciona assim. Gostou de alguma coisa? Leva.

Hoje de manhã, dei meu carrinho de feira para uma senhora no elevador que vinha carregando duas sacolas claramente pesadas demais para ela. A senhora não tem carrinho?, perguntei. Meu filho, ela disse, estou sempre pra comprar e adio. Dei o meu. Estou de dieta, comendo cada vez mais menos quantidade, nunca mais precisei do carrinho.

Assim, dia a dia, meus objetos vão diminuindo.

A casa ainda me parece muito atulhada. Todo dia é dia de se livrar de alguma coisa.

Já dei ou vendi mais de 80% dos meus livros. Dei todos os que amei mas que sabia que não leria de novo, assim como os que estão em domínio público e que posso ler no Kindle ou no computador. Fiquei apenas com aqueles que sabia que precisaria de novo para meu trabalho.

Essa semana, um amigo deve passar por aqui e levar quatro estantes inteiras da sala. Então, quando eu finalmente estiver somente com os livros que quero ter, será hora de arrumá-los de verdade.

Essa é a minha casa. Como é a sua?






quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Mãos à obra!

Então você resolveu que vai colocar ordem na bagunça, dá um certo desespero, vontade de colocar a casa inteira abaixo e como num passe de mágica, ela virar casa de capa de revista.

Primeira dica: Respire.
Segunda dica: Relaxe.
Terceira dica: Não desanime.

Você levou 9 meses para nascer, no máximo como eu sete, e mesmo assim tive que esperar, senão a coisa desandava. Há tempos a desorganização tomou conta da sua vida então, não é do dia pra noite que tudo vai ficar em seu devido lugar. Isso leva tempo. Não fique apreensiva(o) em querer a perfeição e colocar a casa abaixo, faça aos poucos: um dia uma gaveta ou duas, no outro, o guarda-roupas, no seguinte, um cômodo da casa e nesse meio tempo, organiza-se coisas diárias como: não deixar a pia suja, passar pano no chão, organizar correspondências etc. Coisinhas diárias que martelam em nosso dia-a-dia mas que é isso, que contribui para sua casa se manter organizada.

Respire novamente, profundamente, solte o ar e escolha por onde começar.
Sem desanimar. Eu faço isso todos os dias. Vai lá!

tudo inspirado no Vida Organizada

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Ordem na Vida - JÁ!


Tudo tem sua hora. Prefiro acreditar assim. Não adianta o mimimi característico das redes sociais. Ter o objetivo definido e determinação, fixar prazos, sair da zona de conforto, saber que acordar às 5h e chegar no trabalho às 9h tem que ser por prazer e não por obrigação. Pegar atalhos muitas vezes não nos leva a lugar algum. Mas assumir alguns riscos, vez-em-quando, é fundamental!
(by Giu Lamenha)

Hoje eu volto, depois de alguns meses parada, para a ginástica. E se você acha que vou para a academia, esqueça. Depois de um exaustivo dia de trabalho, malhar em casa, quando a pequena dormir. Querer é poder (pelo menos em algumas situações é!)

Borá começar?

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Um cantinho, um violão...

Para inspirar.
Sentar, pensar, concentrar, namorar, sonhar ou apenas ficar ali, de bobeira, olhando a beleza da natureza. Se acompanhado de flores, ainda melhor.







Eu não tenho um espaço para ter um jardim, se você também não tem, invente. Coloque flores na casa, na varanda. Elas dão vida e mais alegria também. Quantas vezes você não se pegou sorrindo por apenas olha-las? É a vida, colorindo a nossa vida.

sábado, 15 de setembro de 2012

Olhe com outros Olhos

Tenho recebido alguns e-mails ou comentários dizendo: "Eu vou fazer isso algum dia" ou "ah, um dia eu começo mesmo" ou então, "ah, não consigo, eu organizo mas desmantelo tudo novamente algum tempo depois".
Então eu resolvi escrever sobre o assunto. Será um post com um pouco de "Senta que lá vem História", mas vale a pena ler até o final. Vamos lá?

Eu já contei que durante algum tempo, por alguns motivos eu não conseguia me organizar, uma parte da casa ficava, mas como não tinha espaço exato para cada coisa, logo estava tudo bagunçado novamente. Muito bem, agora eu tenho um guarda-roupas descente e a vida com organização, começa a entrar nos eixos. Você tem local certo para organizar as coisas, então mais de meio caminho andando. Pensa comigo:

Quando eu era criança adorava brincar de casinha, fazia comida, arrumava a casa, deixava tudo organizado, era a glória viver naquele mundo de sonho, com tudo do meu jeito e como eu queria. E aí, a gente cresce, correria para lá e pra cá e nos esquecemos de continuar brincando de casinha, porque torna-se a coisa + chata do mundo. Mas por quê? Por quê tem que ser assim? Afinal agora, eu tenho a casa real e posso colocar os meus sonhos em prática, então por quê a gente perde o prumo? Os homens são mais persistentes nesse quesito, eles até hoje jogam bola, saem e fazem coisas que trouxeram de crianças.

Vocês me desculpem mas eu vou dizer que toda essa coisa de: "não sou organizada", "não consigo manter o que arrumo", "estou cansada", é preguiça, pura desculpa. E eu sou assim também.

Que tal você parar agora, é, agora, nesse momento e olhe a sua casa, daí de onde você está. Tem coisas para arrumar? A bagunça da mesa do computador tá ali bem à sua frente? Tem coisas chatas como lavar louça ou passar roupas ou organizar gavetas? Então eu sugiro o seguinte: OLHE PARA SUA CASA COM OUTROS OLHOS.

Juro, funciona.

Imagine o quanto você lutou para estar onde está, para ter tudo o que tem e porque agora que tem, não cuidar? Vai lá, mãos à obra! Nada é chato se você fizer com amor, com aquela mesma vontade de quando brincava de casinha, lembra? Organize uma gaveta e veja soluções, mude a cor, mude de lugar, jogue fora, pegue uma caixa e faça dela divisórias etc. Você vai ver o quanto é diferente quando você se coloca com um outro olhar. Mude, decore, pinte. Não, não precisa ser nada grande, faça coisas pequenas, pequenos detalhes, que mudam sua casa e seu jeito de ver.

Aqui, eu mudei até o espelho de luz.
Esse foi o primeiro, mas muitos virão.
E você, o que vai fazer agora?

A foto está ruim, mas dá para vocês terem uma idéia.


Se animou?
Então mexa-se e depois me conte!

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Por aqui...


Quero algo diferente para minha casa.
Pensando nisso, depois de pensar nas corujas, abstratos bem coloridos, estou chegando à conclusão que, o melhor é ser único. Estudando a possibilidade de colocar no hall do apartamento, sim, onde todos passam, desenhos da pequena, simplesmente porque ela tem um traço fantástico para a idade. É só trabalhar a imagem e pronto.Podem até achar que sou coruja, mas fora isso, sou realista e acredito que além da música, a arte faz parte da pessoinha. Yes!

A se estudar.

esta eu pretendo colocar na geladeira adesivada, mudando a frase para: "decorar nada + é que espalhar detalhes sorrindentes pela casa".

mas estas de repente, irão para o hall:

Inspire-se

Para se inspirar e encontrar o seu jeito.
Diretamente da casa da ex-modelo e agora chef Rita Lobo. No melhor do estilo retrô.








segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Necessidades Urgentes

A vida pode ser muito complicada, se deixarmos. Leo Babauta escreveu um pequeno guia e sugere que simplifiquemos nossas vidas. Abaixo a tradução de "a brief guide to life".

menos televisão, mais leitura
menos compras, mais ar livre
menos tralha, mais espaço
menos pressa, mais calma
menos consumo, mais criação
menos lixo, mais comida de verdade
menos ocupações, mais impacto
menos condução, mais andar a pé
menos ruído, mais solidão
menos foco no futuro, mais no presente
menos trabalho, mais recreação
menos preocupações, mais sorrisos
respire

agora a minha:

menos televisão, mais música
menos compras, mais reciclagem
menos tralha, mais espaço
menos consumo, muito mais criação
menos medo, mais coragem
menos lixo, mais comida saudável
menos ocupações, mais tranquilidade
menos barulho, mais silêncio
menos foco no futuro, mais no presente para ter um futuro melhor
menos trabalho, mais prazer em trabalhar
menos preocupações, mais soluções
menos lágrimas, mais sorrisos (onde consigo uma caixa desses?)
menos tristeza, mais alegria
menos mau humor, mais bom humor (essa tem que virar mantra)
menos nervoso, mais paciência (tá)
menos dor, mais amor (tá, tá)
menos internet, mais letra cursiva
menos cinza, mais colorido
menos guerra dentro da gente, mais amor brotando da gente
menos esquecimento, mais atenção
menos teoria, mais prática
menos dragões, mais corujas
menos tudo que faz mal, mais carinho
menos rancor, mais amor, por favor.

domingo, 9 de setembro de 2012

Donwloads - Marcadores Livros - Corujas

Da minha biblioteca pessoal.
Para quem gosta, é só clicar bem aqui.

Imprima num papel tipo canson por ser mais grosso e plastifique. Aí é abrir seu livro preferido e deixar que as corujas façam o resto.



sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Cremosíssimo

Bolo de chocolate (muito) cremoso from DigaMaria on Vimeo.


Esta receita veio do Petit Larousse do Chocolate e lá se chama “Bolo da mamãe”

Ingredientes para um bolo cremoso de chocolate para duas pessoas
70 g de chocolate meio amargo
50 g de manteiga
2 ovos
100 g de açúcar
30 g de farinha de trigo peneirada (se preferir, pode usar integral)
1 colher de sopa de essência de café (feita a partir de da infusão de 20 g de café em pó em 50 ml de água fervente)

Modo de fazer
Pré-aqueça o forno a 200 ºC. Unte com manteiga um refratário com capacidade para 800 ml.

Pique o chocolate e derreta-o junto com a manteiga em banho-maria.

Separe a gema da clara de um dos ovos. Junte a gema com o outro ovo inteiro e bata com 75 g de açúcar até obter uma consistência cremosa. Noutra tigela, bata a clara em neve com os 25 g restantes de açúcar.

Incorpore com delicadeza o chocolate derretido à mistura de gema com açúcar e, em seguida, a clara em neve. Acrescente a farinha de trigo e em seguida a essência de café. Transfira tudo para o refratário, coloque-o dentro de um tabuleiro com água quente e leve ao forno para assar em banho-maria por 30-35 minutos. Somente o centro deverá ficar úmido.

Retire do forno e deixe esfriar um pouco antes de servir.

Dica: se quiser preparar de véspera, aguarde esfriar e conserve-o tampado em geladeira. Retire-o com um pouco de antecedência para que seja servido em temperatura ambiente.

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Downloads + Etiquetas para sua Organização

Etiquetas não servem apenas para roupas, com elas você organiza quaisquer outras coisas: material escolar, materiais de escritório, objetos de cozinha, nos banheiros, no atelier, em agendas etc. E também se impressas em papel canson - aquele mais grossinho - ou vergê, podem ser utilizadas como cartões de presente e tags.

Use sua criatividade, clique nos links, escolha a sua e organize a vida.

Etiquetas Neutras

Etiquetas Neutras Doodles

Etiquetas Redondas Floral

Etiquetas Oval Floral

Etiqueta Neutra AZ

Etiqueta Color AZ

Guarda-Tudo

Pra quem acha que por aqui é só organização, ledo engano.
Agora, a saga do guarda-roupas. O que me alivia é que agora teremos espaço. Que continuem as marteladas, o cheiro de tinta, a poeira e nós no dormindo na sala.


terça-feira, 4 de setembro de 2012

Organizar X Metas X Objetivos


Recebi alguns e-mails, sinceramente não esperava que desconhecidos entrassem aqui e de alguma forma, gostassem. Mesmo porque o que não falta na net, são blogs com dicas de organização, decoração etc. Na verdade, há algum tempo comecei isso aqui, só para juntar num lugar só, tudo que gosto e as idéias que quero usar ou acho interessante, então, já que tenho alguns leitores, vamos lá:

Como já falei, não sou uma pessoa que nasceu organizada e ser virginiana não altera em nada isso. Mas da minha parte, acho que a organização vem de querer realmente - como tudo na vida. É ter realmente vontade, empenho e muita força de vontade por ser um exercício minuto a minuto. E você pode me perguntar, por quê não comecei isso antes, eu respondo: não ter armários e um local certo para as coisas, dificulta muito e como estava sempre morando no improviso, era bem dificil. Mas agora, sem desculpas, é a hora.

Arrumar - guardar coisas e mudar de um lugar para outro.
Organizar - localizar o local permanente para cada coisa e manter apenas o essencial.

Então eu comecei assim. Coloquei prioridades. o que realmente é importante ficar, o que é realmente descartável. A limpeza me fez um bem tremendo. E para você começar organizando sua vida, não tem outro jeito que não seja "limpar", deixar somente o necessário. Você vai perceber que o que foi descartado, não fazia a mínima diferneça.Tudo fica mais claro, mais espaçoso. Comecei com livros, cd´s e escritório, em seguido veio a papelada, que eu julgo a mais difícil de organizar numa casa, tinha notas fiscais de móveis e coisas que já se foram há anos! Jogue tudo que não tiver mais valia, guarde o necessário e essencial. Não tire isso da cabeça: importante+essencial. Ficará mais fácil. Desapegue-se.

As dicas


* eu me policio para quando ver algo fora do lugar ir lá e resolver. Ok, dá trabalho, mas tudo é costume e quando você percebe, faz porque quer e se sente bem melhor quando tudo está na sua devida ordem. Sem querer o "protelar" deixa de existir.

* correspondências - na minha casa não se junta muita. Eu não tenho hábito de pegar papelzinho na rua para ver em casa e quando aparecem,já vão direto para o local correto ou para o lixo. Não deixe para depois.

- contas - pasta sanfonada de pagamentos, assim que chegam.

- folhetos que usarei- agenda da casa - para se ter tudo à mão.

- lembretes - agenda (grande aliada, eu uso muito a do computador, mas não descarto de papel.

* louças sempre lavadas. Dá impressão de casa sempre arrumada.

* roupas sempre no lugar, para não parecerem Gremlins brotando na sua casa!

* brinquedos eu deixo ficarem um pouco espalhados pela casa, afinal, tem coisa + gostosa do que casa com cara de criança?

sábado, 1 de setembro de 2012

Música para organizar - Clips de Papel



Música: Love is making it's way back home - Josh Ritter


Jeremy Messersmith - Tatooine from Eric Power on Vimeo.


Garotas geeks, é a versão mini da trilogia StarWars feita de papel para animar o clipe da música "Tatoine" do cantor Jeremy Messersmith.